Terça, 15 Janeiro 2013

O Respeito ao Oráculo e ao Sacerdote

O Oráculo da Religião dos Òrìsàs é algo muito sagrado e deve ser tratado dessa forma. Igualmente sagradas, são as recomendações que o Sacerdote por meio do oráculo fornece ao consulente. Muitas pessoas, ansiosas, esperam uma breve confirmação de tudo que fora dito por meio do oráculo sagrado e caso isso não ocorra num prazo muito curto de tempo, se dão por en...ganadas. A antiga história Nago abaixo, mostra-nos justamente o contrário, que as recomendações do oráculo não ocorrem, por exemplo, no mesmo dia, pois quando isso ocorreu, o próprio Deus da Adivinhação, foi caluniado. "Òrìsà acordou cedo numa manhã e procurou Orunmilá, pedindo para que ele consultasse o oráculo, pois ele havia perdido seus três escravos (a cabra, o sapo e o camaleão). Òrìsà disse que já havia procurado por toda a parte, mas não havia encontrado. Orunmilá consultou o oráculo e disse à Òrìsà que trouxesse água quente, cascas de inhame e um ekodide. Òrìsà levou tudo à Orunmilá. Orunmilá pegou a água quente e jogou no ralo, imediatamente o sapo saiu pulando. Orunmilá pegou o Ekodide e a colocou na árvore de Akoko, imediatamente o camaleão ficou vermelho. Orunmilá pegou as cascas de inhame e jogou atrás da casa, pouco tempo depois a cabra apareceu para comer as cascas. Òrìsà ficou surpreso com tamanha rapidez como tudo fora resolvido e disse: Orunmilá, você os encontrou muito rápido, você que roubou os meus escravos". Orunmilá provou à Òrìsà que não havia roubado os escravos, no entanto, a partir desse momento, o Sacerdote deve orientar ao consulente que o mesmo deve ter paciência para aquilo que surgiu nos búzios, ocorra. Que Òsùmàrè Aráká continue olhando e abençoando todos! Ilé Òsùmàrè
footer bg